quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

.......

Na hora de almoço, vi no noticiário as imagens do tiroteiro em Paris. Estas imagens criam em mim um misto de repulsa (por quem as praticou) e deixam-me baralhada. Estas imagens, bem como as que mostram aquelas cenas de pura crueldade onde reféns são decapitados, bem como qualquer imagem de violência (especialmente extrema, como é o caso), fazem-me perguntar que tipo de seres humanos são aqueles que conseguem fazer aquilo? Não me questiono em relação ao que acreditam, cada qual é livre de acreditar no que deseja, questiono-me sobre o como. Como conseguem? Como vivem sabendo que foram violentos? Que mataram alguém? Que magoaram alguém para todo o sempre? Que causaram dores e feridas tão profundas em alguém que mudaram essa pessoa para sempre?
Não consigo entender. Eu que me desvio das formigas, levo os bichos de conta para as ervas e até os caracóis tiro do passeio, não imagino como é viver e ter a mente destas pessoas. 

3 comentários:

Lea disse...

Quando vinha para o trabalho, parei no café e verifiquei que era uma informação de última hora, esse tiroteio em Paris! Logo à noite, tenho de ver se vejo o telejornal para me informar melhor!

NOR Melo disse...

O telejornal cada vez me faz lembrar mais um filme de terror, quanto a isso estou absolutamente sem palavras!

Tulipa Negra disse...

Percebo-te perfeitamente porque também me causa imensa confusão. Quando era mais nova chegava mesmo a vomitar com a preocupação e os nervos que esse tipo de situações me causa, com o tempo tive de evitar porque é algo que me abala consideravelmente.