domingo, 21 de setembro de 2014

Tarde de filmes

Decidi ver ambos os filmes.

Primeiro, vi o The giver. Adorei! É um filme simples mas ao mesmo tempo complexo. Passa-se numa sociedade sem guerras, sem dor, sem fome, sem precalços, uma sociedade com equilíbrio, o perfeito equilíbrio. Os bebés nascem e tendo em conta as qualidades são entregues a uma família, crescem e no fim da adolescência são designados para um trabalho na sociedade. Tudo sem falhas. A maior falha é isso mesmo, a inexistência do que nos torna humanos. As memórias, as emoções, o conhecimento, o medo, a tristeza, a dor, a felicidade, as diferenças, o amor. 
Na sociedade só uma pessoa tem todas as memórias do mundo, todas as emoções, só uma pessoa conhece a tristeza e o amor. O dador de memórias.
Vejam o filme, é perfeito! Mostra como só somos humanos vivendo tudo, desde os dias mais felizes, aos mais banais, ao mais tristes. 

Vi também o Divergente. Mais um filme baseado numa sociedade pós guerra, onde se divide a civilização em frações, cada uma com a sua função. Gostei imenso, e pelos vistos terá sequela, afinal o livro tem, portanto, venha ela!

Quem viu o Divergente reparou que a Hazel Grace e o Augustus são irmãos neste filme? Achei super engraçado, honestamente! 

2 comentários:

Ana Rita disse...

Reparei sim xD achei imensa graça, fiquei com vontade de ir ver o The Giver

XXIV disse...

Prepara-te para o Insurgente em Março.....
Estou curiosa em ver o "the giver"