quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Ajudar.

Os meus avós têm quase 80 anos, o meu avô tem cataratas, problemas de próstata, hérnias discais. Acima de tudo, tem a questão de sentir que não consegue fazer o que antigamente conseguia fazer.
Enquanto tive de férias, muitas vezes fui chamada para os acompanhar ao médico, ao banco, à oficina. O meu avô, chegou a dizer-me, sem ninguém ouvir, para eu o ajudar sempre que me fosse possível.
Hoje, foram para a terra. Hoje, num dia de chuva, foram. Deixou de ver a estrada e tiveram um acidente. Foi só chapa, ninguém se magoou, para acidente no dia de hoje à saída da auto-estrada, foi basicamente nada.
Eu sei como o ajudar. Tirando-lhe as chaves do carro e a carta. Sei que ele adora o carro, ainda lhe dá uma sensação de liberdade, mas não pode conduzir mais, põe outros e a ele mesmo em perigo.

5 comentários:

Ligações disse...

É complicado, passam a ser as pernas deles.
Eu deixei de cumprimentar o meu avó ou de fazer qualquer sinal quando ele vai a conduzir, chegou-me o susto de o fazer uma única vez e ver que ele se distraio por completo. Prefiro que pense que o ignoro ou que não o vi caso ele se aperceba que era eu.
Antes de lhe tirares as chaves conversa com ele, ele que só ande de carro em sítios calmos

Leonor disse...

Pois.. É algo que ele gosta muito de fazer e deve-lhe custar ter de deixar porque isso é a prova absoluta que já não pode fazer tudo. Mas essa é a realidade e antes isso do que acontecer outro acidente e, desta vez, mais grave..

Ana Rita disse...

Essas fases são muito complicadas! O meu avô está com 86 anos, a vida toda dele foi ser motorista quando deixou de conduzir aos 80, até chorou, coisa que eu nunca o tinha visto fazer!!

Ana Rita disse...

r: Obrigada Olívia :)

who am I? disse...

A velhice é uma realidade que um dia todos vamos enfrentar e nem todos estamos preparados.
Levámos muitos anos a aprender a sermos independentes que depois custa perder a autonomia. Mas fazes bem tirar-lhe as chaves do carro. É mesmo muito perigoso e quando vejo velhotes com a cara quase colada ao para-brisas, fico perplexo. :/